Sword & Shield: Publicidade Nostálgica + Entrevista

Olá pessoal

Mais cedo foi lançado um vídeo publicitários para os jogos Sword & Shield, faltando menos de um mês para o lançamento oficial da nova geração. Este vídeo junta todas as gerações, confirmando vários dos Pokémon disponíveis em Galar. Além disso, o Eurogamer Portugal publicou uma entrevista com Masuda e Ohmori sobre os novos jogos, podes ver tudo no artigo completo. É já dia 15 de novembro que chegamos a Galar!


De que forma a Switch permitiu expandir a série Pokémon?
Este é o primeiro novíssimo jogo na Switch – tivemos Let’s Go Pikachu e Let’s Go Eevee, mas esta é a primeira vez que estamos a fazer uma nova entrada da série na Switch e, como temática desta vez, tivemos a ideia de criar o jogo mais forte de Pokémon.

No que diz respeito a hardware, isto significa que pudemos criar os visuais mais fortes, ser mais expressivos do que fomos no passado – como exemplo, temos o Dynamax dos Pokémon, estes Pokémon gigantes que pudemos expressar pela primeira vez, e temos também a Wild Area, que é uma grande área expansiva que não pudemos fazer necessariamente no passado. Estas são várias formas em que usamos o hardware da Switch para expandir a série.

Que características de Pokémon Let’s Go foram trazidas para Sword e Shield?
Let’s Go Pikachu e Let’s Go Eevee foi a primeira vez que desenvolvemos na Switch – funcionaram como um ponto de partida sobre como trabalhar com o novo hardware e encontrar os limites daquilo que conseguimos fazer – e, a partir daí, fizemos Sword e Shield. Quanto aos encontros com os Pokémon selvagens em Let’s Go Pikachu e Let’s Go Eevee, mudamos as coisas e podemos vê-los no mapa do mundo e escolher aqueles que queremos confrontar e atirar Pokéballs.

Quando esses jogos foram lançados, o método dos encontros foi bem recebido pelas pessoas que jogaram. Quando começamos a desenvolver Sword e Shield, ainda antes do lançamento de Let’s Go Pikachu e Eevee, queríamos inicialmente encontros aleatórios como fizemos no passado, mas vimos o sucesso do método dos encontros visíveis e quisemos também inseri-los como um método de encontro – trabalhamos nisso, em torná-lo melhor com novos designers gráficos e certificamo-nos de que conseguíamos criar um bom sistema de encontros – e agora criamos Pokémon Sword e Shield onde podes ter estes encontros aleatórios e estes encontros físicos no ecrã.

Haverá algum tipo de conexão com Pokémon Go? Posso transferir Pokémon de GO para Sword e Shield?
Entre Pokémon Go e Pokémon Sword e Shield não existe uma ligação directa mas estamos a trabalhar na app Pokémon Home onde poderás, assim que for lançada, transportar Pokémon de Pokémon Go para Pokémon Home e, mais tarde, transportar esses Pokémon para Sword e Shield – temos planos para isso mas não existe uma ligação directa.

Que tipo de funcionalidades online podem os jogadores esperar?
Se tiveres uma conta online Nintendo, podes usar vários métodos de comunicação – um deles é a funcionalidade Y-Com que podes aceder onde quer que estejas no jogo – essa é uma ferramenta de comunicação. Se premires Y, podes enviar uma mensagem como “Quero fazer uma troca” ou “Quero combater” e isso encontra outro jogador que também quer trocar ou combater e podes começar a fazê-lo com eles. Outra característica interessante é a Wild Area – se estiveres a jogar online ou localmente com outros jogadores, podes ver esses jogadores a aparecerem na Wild Area e podem fazer várias coisas juntos como participar em Max Raid Battles ou utilizarem a funcionalidade do Pokémon Camp juntos – existem muitas funcionalidades de comunicação disponíveis que significa que as pessoas podem jogar juntas da forma que preferirem e experimentarcoisas diferentes.

Quão grande é o mundo do jogo? Que tipos de ambientes existem? Para além da bicicleta e Corviknight, podemos usar outros Pokémon para nos deslocarmos?
A região de Galar é muito, muito grande quando comparada com outros jogos Pokémon. Em termos de deslocação, a forma principal é andando mas também tens a Roton Bike, que é muito rápida, e podes deslocar-te nela; e tens também Corviknight, que é uma forma de te deslocares rapidamente de aldeia para aldeia. Mas em termos de uma forma cultural de te deslocares única na região de Galar, tens as linhas de comboio entre diferentes aldeias – podes entrar num comboio e ir para a estação seguinte na aldeia seguinte.

Como funciona exactamente a Wild Area?
A Wild Area em si é uma grande região no centro de Galar, desenhada para as pessoas se reunirem e jogarem juntas; a razão pela qual quisemos criá-la foi para criar uma sensação de liberdade na forma como queres jogar o jogo – as pessoas chegam a essa área, olham para um local distante e dizem “quero mesmo ir até ali e ver o que encontro” ou talvez ver que pokémon vivem nessa parte da Wild Area.

Foi desenhada de maneira a encorajar as pessoas a apreciar este tipo de exploração – para além disto, não é apenas o facto de ser uma área grande com muito para explorar: existem também funcionalidades de comunicação no background. Existem coisas como as Pokémon Dens e as Max Raid Battles. Essa é a forma como comunicas com outras pessoas e jogas com elas e, para além disso, podes ver os pokémon a circularem. Não é grande simplesmente para o ser, tem também muita comunicação lá dentro e achamos que isso é algo que vai divertir os jogadores.

Está confirmado que vão existir 18 ginásios. Significa isto que cada ginásio será de um tipo específico?
Desta vez, em termos do número de ginásios onde podes jogar, existem apenas oito, sendo que alguns são exclusivos de cada versão. Esta ideia dos 18 ginásios corresponde a lore do background da região – existem realmente 18 ginásios a competir e aqueles que estão no topo estão sempre a mudar – mas no que diz respeito a gameplay, vais apenas enfrentar 8 ginásios.

Quantos novos Pokémon foram adicionados a ambas as versões?
Uma pergunta difícil de responder neste momento – se contarmos a toda a gente estragamos a diversão, mas esperamos que as pessoas explorem a região no dia 15 de Novembro quando os jogos forem lançados. Todos poderão divertir-se a explorar e descobrir estes Pokémon por eles mesmos. Não queremos arruinar a diversão.

Existe a possibilidade de usar um Pokémon como companheiro, tal como em Pokémon Go?
Desta vez, não existe qualquer Pokémon Buddy que vai caminhar ao teu lado, mas existe a funcionalidade do Pokémon Camp onde podes brincar com os teus Pokémon no ecrã de uma forma diferente.

As receitas que crio no Pokémon Camp podem influenciar as stats / saúde do meu Pokémon?
O ponto principal é que se comeres caril tens Recovery XP e também XP mas, para além disso, comer comida e acampar é mais divertido com outras pessoas – se fizeres a comida e a comeres com outras pessoas, existem efeitos mais fortes que poderás descobrir.

Quantos Pokémon terão a possibilidade de fazer Dynamax no jogo? E Gigantamax?
Quanto ao Dynamax, qualquer Pokémon que apareça na região de Galar pode fazer dynamax em batalha. Qualquer Pokémon pode usar esta funcionalidade e mudar a maré da batalha e esperamos que os jogadores usem muitos Pokémon diferentes e a experimentem. Quanto ao Gigantamax, é uma situação do género “Quem sabe?” e queremos que os jogadores vejam por eles mesmos quais os Pokémon que conseguem fazer isso.

Vai haver um modo de dificuldade como em Pokémon Black & White 2?
Em Sword e Shield não há uma opção específica para mudar a dificuldade. Existem, obviamente, várias formas de jogar Pokémon e características do gameplay que podes apreciar, algumas delas mais desafiantes que outras, e esperamos que os jogadores encontrem os seus próprios desafios dentro do jogo.

A dificuldade está também relacionada com a quantidade de Pokémon que transportas contigo e os jogadores podem usar isso para ajustarem a dificuldade de acordo com a sua preferência.

Vai existir uma funcionalidade que permite alterar a natureza do Pokémon, reduzindo o esforço necessário na criação de um Pokémon perfeito. Esta funcionalidade foi criada para tornar o jogo mais acessível?
Ovos estão presentes desta vez – podes criar Pokémon e fazer com que aprendam egg moves únicos e coisas assim – desenvolvemos um sistema de criação que é mais fácil e não podemos dizer muito mais neste momento, mas existem várias formas tanto de fazer criação como de educar Pokémon. Quer em termos de criação como de educação, existem novas formas de o fazer.

O jogo tem suporte para Amiibos? Em que consistem os bónus?
Não existe suporte para Amiibos, mas existe suporte para a Pokéball Plus – podes pôr um Pokémon na Pokéball Plus, levá-la contigo e quando regressares poderás receber uma recompensa.

Para sermos claros, não pode ser usada como um comando desta vez, mas pode ser usada para colocar um Pokémon dentro como aconteceu em Pokémon Let’s Go.

Apesar de existir alguma personalização das personagens em jogos prévios, Sword e Shield parece ir mais além. Que tipo de traços poderei alterar na minha personagem?
Desta vez, existem muitas mais opções de personalização – por exemplo, com a roupa, separamo-la em roupa interior e exterior e podes seleccionar o design da camisola que gostares e, em cima dela, podes usar um casaco ou algo que aprecies. Podes misturar como te apetecer e, para além dessas roupas, podes ainda usar luvas – atiras muitas Pokéballs no jogo e podes personalizar a tua mão.

Existe muita mais variedade que anteriormente e, como uma funcionalidade adicional, tens ainda o cartão da Liga onde podes criar o teu próprio cartão da Liga – podes usar as roupas que te apetecer, tirar uma foto e desenhar o teu cartão da Liga em torno disso e ainda partilhá-lo com outros jogadores quando batalhas com eles – por isso, esperamos que os jogadores se divirtam a criar o seu cartão da Liga e partilhá-lo com outros utilizadores.

E não é apenas roupa – podes mudar a cor dos olhos, penteado, maquilhagem e coisas assim – terás mesmo a oportunidade de exprimires a tua individualidade e esperamos que os jogadores se divirtam.

Existe alguma razão específica para, pela primeira vez na saga Pokémon, terem introduzido o auto-save?
O hardware da Switch ajudou-nos a tomar esta decisão – na Gameboy, 3DS e outras plataformas, sempre pensamos como implementar a funcionalidade de gravação do jogo, mas a realidade é que gravar o estado actual do jogo e o estado da boxes dos teus Pokémon demorava um certo tempo – havia uma certa pausa em que tinhas de esperar que o jogo gravasse. Desta vez, temos hardware mais poderoso. Depois de começarmos a desenvolver o jogo, descobrimos que gravar apenas demorava um momento, quase instantâneo, e aí pensamos “por que não seríamos capazes de implementar o auto-save aqui?”. Discutimos os efeitos disso e se seria uma mudança positiva a implementar. No fim dessas discussões decidimos que era um bom momento de colocar esta funcionalidade no jogo. Claro está, pode haver jogadores que prefiram gravar eles mesmos e, para esses jogadores, poderás desactivar o auto-save nas definições. E mesmo que o auto-save esteja activado, podem sempre gravar o jogo manualmente.

Outra razão prende-se com o facto de, falando de uma forma geral, as pessoas que gravam o jogo desligam a consola depois de pararem de jogar. Com a Switch, as pessoas apenas colocam-na em sleep mode e, se fizeres isso e não regressares à tua Switch durante uns tempos e esta não está no modo caseiro ou a carregar, existe a possibilidade de ficar sem bateria e não teres feito uma gravação. Com isso em mente, o auto-save parece uma medida segura. Claro está, não podes estar a gravar todo o tempo mas poderá haver alturas em que o teu Pokémon evoluiu ou que subiste de nível em que poderás querer fazer uma gravação, já que perder esse progresso pode ser devastador.

O que reserva o futuro para Pokémon? Existe a possibilidade de uma sequela de Let’s Go? Talvez um novo Pokémon Snap?
É obviamente difícil entrar em detalhes, mas temos várias ideias que queremos executar com vista para o futuro. Gostamos de ouvir os comentários do nossos fãs e saber o que pretendem – por isso, sem qualquer problema, enviem muitos comentários para a Pokémon Company, Pokémon Company International e Nintendo. Digam-nos aquilo que gostavam de ver!


Fiquem bem, Portuga

Deixar uma resposta